Bem-vindos a Et Cáritas

PDFImprimirE-mail

AddThis Social Bookmark Button

Siga-nos no Twitter

faceb                                                              actioday

 

Com Jesus e por Jesus

Jesus Cristo, que nos mostrou nosso Deus de amor, exemplificou o amor e o perdão.

Allan Kardec, compilou o Espiritismo através das instruções dos enviados de Jesus Cristo.

Chico Xavier, terminou a obra literária de Kardec.

 

Relação de Casas e Centros espíritas e federativas estaduais.

Transição Planetária, leitura imprescindível  para entender esse tema tão fascinante e aparentemente misterioso que pessoas de várias crenças, credos e religiões estão comentando e tentando entender de alguma forma.

Playing for Change: A Caridade pode ser exercida de várias maneiras. Conheça a Playing for Change Foundation. A Caridade através da música.

Psiquiatria e psicologia: a visão espírita: Os transtornos emocionais e psiquiátricos na visão espírita.
-Depressão
-Depressão, segunda parte
-
O trabalho e os antidepressivos como terapias na depressão.

Sucesso do Além: Onda de obras ligadas ao espiritismo aumenta procura por centros e ajudam espíritas e simpatizantes a "saírem do armário".

Acidente na Globo torna ator espírita: “Eu não tinha nenhuma religião. Mas sempre acreditei em Deus”.

Livros espíritas: Livros espíritas que podem mudar sua vida. Para sempre !

Guia de empregos Brasil: Vagas de emprego.

Vídeos: Chico Xavier, Filme Nosso Lar, Divaldo Franco.

Cordões de ligação: Veja as influências energéticas com pessoas que nos separamos a anos.

Palavras de Emmanuel e André Luiz: Mensagens espíritas de ânimo.

Livro dos Espíritos: Seleção de perguntas e respostas do Livro dos Espíritos.

-P.: Como podemos julgar da liberdade do Espírito durante o sono?

 


Com Jesus e por Jesus 

 

Texto muito importante e tão atual. Mas foi escrito em 1956.

Com Jesus e por Jesus

Na introdução de “O Livro dos Espíritos” , recolhemos de Allan Kardec esta
afirmação expressiva:
“As comunicações entre o mundo espiritual e o mundo corpóreo estão na ordem
natural das coisas e não constituem fato sobrenatural, tanto que de tais
comunicações se acham vestígios entre todos os povos e em todas as épocas.
Hoje se generalizaram e tornaram  patentes a todos.”

No item 8º das páginas de  conclusão do mesmo livro, o Codificador assevera
com segurança:
“Jesus veio mostrar aos homens o caminho do verdadeiro bem. Por que, tendo-o
enviado  para fazer lembrar sua lei que estava esquecida, não havia Deus
de enviar hoje os Espíritos, a fim de a lembrarem novamente aos homens,
e com maior precisão, quando eles a olvidam para  tudo sacrificar  ao
orgulho e à cobiça?”

E sabemos que, de permeio, o  grande livro que lançou os fundamentos do
Espiritismo trata, dentre valiosos assuntos, das leis de adoração, trabalho,
sociedade, progresso, igualdade, liberdade, justiça, amor, caridade e
perfeição moral, bem como das esperanças e das consolações.

Reportamo-nos a tais referências para recordar que o fenômeno espírita
sempre esteve presente no mundo, em todos os lances evolutivos da
Humanidade, e que Allan Kardec, desde o início do ministério a que se
consagrou, imprimiu à sua obra o cariz religioso de que não podia ela
ausentar-se, tendo até acentuado que o Espiritismo é forte porque
assenta sobre os fundamentos mesmos da Religião:
Deus, a alma, as penas e as recompensas futuras.

Aceitamos, perfeitamente, as  bases científicas e filosóficas em que repousa
a Doutrina Espírita, as quais nos ensejam adquirir a “fé raciocinada capaz de
encarar a razão face a face”, contudo, sobre semelhantes alicerces, vemo-la,
ainda e sempre, em sua condição de Cristianismo restaurado, aperfeiçoando
almas e renovando a vida na Terra, para a vitória do Infinito Bem, sob a
égide do Cristo, nosso Divino Mestre e Senhor.

O apóstolo da Codificação não desconhecia o elevado mandato relativamente
aos princípios que compilava e, por isso mesmo, desde a primeira hora,
preocupou- se com os impositivos morais de que a Nova Revelação se reveste,
tendo salientado que as consequências do Espiritismo se resumem em melhorar
o homem e, por conseguinte, torná-lo menos infeliz, pela prática da mais
pura moral evangélica.

Sabemos que a retorta não sublima o caráter e que a discussão filosófica nada
tem que ver com caridade e justiça. Com todo o nosso respeito, pois, pela
filosofia que indaga e pela ciência que esclarece, reconheceremos sempre
no Espiritismo o Evangelho do Senhor, redivivo e atuante, para  instalar
com Jesus a Religião Cósmica do Amor Universal e da  Divina Sabedoria
sobre a Terra.
Espíritos desencarnados aos milhões e em todos os graus de inteligência
enxameiam o mundo,  requisitando, tanto quanto os encarnados, o
concurso da educação.

Não podemos, por isso, acompanhar os que fazem de nossa Redentora
Doutrina mera tribuna discutidora ou simples caçada a demonstrações
de sobrevivência, apenas para a realização de torneios literários ou
para longos cavacos de  gabinete e anedotas de salão, sem qualquer
consequência espiritual para o caminho que lhes é próprio.

Estudemos, assim, as lições  do Divino Mestre e aprendamo-las
na prática  de cada dia.
A morte a todos nos reunirá para a compreensão da verdadeira vida...
E, sabendo que a justiça definir-nos-á segundo as nossas obras,
abracemos a Codificação Kardequiana, prosseguindo para a
frente, com Jesus e por Jesus.

EMMANUEL
Pedro Leopoldo, 11 de fevereiro de 1956.
Francisco Cândido Xavier - Fonte Viva - pelo Espírito Emmanuel

 

PRECE DE CÁRITAS

Deus, nosso Pai, que Sois todo poder e bondade, daí força àquele que passa pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade, ponde no coração do homem a compaixão e a caridade.

Deus! Dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso. Pai! Dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, à criança o guia, ao órfão o pai. Senhor! Que Vossa bondade se estenda sobre tudo o que criastes.

Piedade, Senhor, para aqueles que não Vos conhecem; esperança para aqueles que sofrem. Que Vossa bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda parte a paz, a esperança e a fé. Deus! Um raio, uma faísca do Vosso amor pode abrasar a terra. Deixai-nos beber das fontes desta bondade fecunda e infinita e todas as lágrimas secarão, todas as dores acalmar-se-ão. Um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor. Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, Oh! Poder. Oh! Bondade. Oh! Beleza. Oh! Perfeição. E queremos de alguma sorte, alcançar Vossa misericórdia.

Deus! Dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade pura; dai-nos a fé e a razão, dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas o espelho onde se deve refletir Vossa imagem.

Espírito: CÁRITAS
Médium: Madame W. Krill – Bordeaux – França
Psicografada em 25 de dezembro de 1873

 

HTML hit counter - Quick-counter.net